Se você está pesquisando para comprar ou já tem uma câmera DSLR provavelmente pode perceber que existem dois tipos de sensores nessas câmeras, os sensores Full Frame e os sensores cropados (Sensor APS-C).

A primeira coisa que você precisa entender é como funciona o sensor da sua câmera e o que é o Fator de Corte. O sensor da sua Câmera funciona de forma equivalente aos filmes fotográficos das antigas câmeras analógicas. Ele basicamente é responsável por captar as imagens quando o botão de disparo da sua câmera é acionado. Ainda relacionado ao sensor, o chamado fator de corte é a variável que define a área final da imagem que será captada pelo sensor.

O tamanho do sensor nas câmeras Full Frame é de 35mm. Esse era o tamanho considerado o padrão dos filmes fotográficos utilizados nas câmeras analógicas. Já nas câmeras com sensor APS-C esse tamanho é reduzido, por esse motivo são apelidados de sensores cropados ou apenas crop (termo que vem do Inglês e significa cortar).

Essa diferença de tamanho entre os sensores vai determinar o tamanho da área da sua imagem. Ou seja, se você fotografar com uma câmera com sensor Full Frame a sua área de imagem será terá uma imagem maior, mais completa do que se fotografar com uma câmera com sensor APS-C.

Vale ressaltar que o tamanho da área da sua imagem não está relacionado com a quantidade de megapixels do equipamento, pois duas câmeras com a mesma quantidade de pixels pode apresentar um fator de corte diferente devido ao sensor.

diferença entre sensores

O fator de corte também é utilizado para saber qual será o corte de uma imagem quando utilizamos uma lente em câmeras com sensores APS-C. É importante deixar claro que isso não interfere na distância focal, separação de planos, profundidade de campo ou distorções.

O fator de corte é utilizado para saber qual será o corte de uma imagem em uma câmera com determinadas lentes. No dia a dia, é mais fácil visualizar isso intuitivamente, mas existe um cálculo que pode ser feito para ajudar na hora de comprar lentes para a sua câmera.

Com um sensor menor, a distância focal entre as lentes fica maior e é com base nessa mudança de distância focal que chegamos ao fator de corte. Por exemplo: um sensor APS-C de 22 x 15 mm faz com que uma lente 31 mm tenha o mesmo efeito que uma lente de 50mm em uma câmera Full frame. Basta dividir 50 por 31 para chegar ao fator de corte da câmera, que é 1,6 nas Câmeras Canon ou 1,5 nas Câmeras Nikon.

conversão de valores

Na prática, o cálculo é feito no caminho inverso, com a multiplicação: uma lente de 31 mm vai mostrar o resultado de uma lente 50 mm quando usada em uma câmera com fator de corte de 1,6 (31 x 1,6). Uma lente de 50 mm vai mostrar o equivalente a uma de 80 mm e assim o cálculo segue.

Qual câmera devo comprar?

Após entender como funciona a diferença entre os dois tipos de sensores, a escolha na hora de comprar, vai depender principalmente qual é o valor de investimento que você tem em mente!

As Câmeras Full Frame são mais caras e exigem mais conhecimento na hora de manuseá-las, por terem características especiais que só as Câmeras Full Frame apresentam como por exemplo captar mais luz, ter um quadro de cena completo e um nível de ruído bem menor.

Já as Câmeras cropadas (com sensor APS-C) oferecem também uma ótima qualidade, e são bastante indicadas como entrada no mercado fotográfico, além do seu investimento ser muito menor se comprado ao de uma câmera Full Frame.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.